Obras do Hospital do Câncer de Pinheiro em ritmo acelerado .

As obras do Hospital do Câncer Dr. Antônio Dino, que está sendo construído na cidade de Pinheiro, Baixada Maranhense, estão em ritmo acelerado e a primeira etapa deve ser entregue já no mês de outubro. O hospital está sendo construído pela Fundação Antonio Dino, que também é responsável pelo hospital Aldenora Bello. A construção do hospital Dr. Antonio Dino é fruto de articulação do senador Weverton Rocha, junto a bancada maranhense, que destinou emenda parlamentar de R$ 25 milhões de reais para a construção do hospital.

Com a inauguração desta unidade do Hospital do Câncer em Pinheiro, o atendimento à população da região da Baixada, será feito de forma mais eficiente e com maior comodidade. Em julho o senador Weverton Rocha fez uma visita ao local, ao lado de Antonio Dino, e destacou os benefícios da obra.

“Estamos gratos por estarmos realizando essa visita a construção do Hospital do Câncer Dr. Antonio Dino, e constatar como está avançando bem. A luta contra o câncer é de toda a sociedade. Obrigado a toda bancada federal que viabilizou recursos para que esta obra virasse realidade”, disse Weverton Rocha durante a visita.

“Estamos trabalhando com afinco para cumprir todos os prazos e dar início o mais rápido possível ao funcionamento do Hospital do Câncer. Algumas máquinas e moveis já foram adquiridos e currículos para o seletivo estão sendo analisados. Sabemos da importância desta obra para toda a região. Agradecemos a sensibilidade do senador Weverton Rocha e de toda a bancada Maranhense”, explicou Antonio Dino.

“Em breve estaremos inaugurando esse grande empreendimento que irá atender toda a Baixada Maranhense. Estamos orgulhosos por essa conquista que salvará vidas. O Senador Weverton e a bancada Maranhense tem nossa gratidão”, disse o prefeito de Pinheiro Luciano Genésio.

Hospital – O terreno para a construção do hospital foi doado pelo prefeito Luciano Genésio. O Hospital do Câncer Dr. Antonio Dino tem 13 mil metros de terreno e terá 5 mil em área construída que contará com 51 leitos mais 5 de emergência, 8 consultórios médicos com pelo menos 12 especialidades e 6 leitos de UTI. E mais: emergência oncológica e Serviço de Pronto Atendimento (SPA), Centro Cirúrgico com 6 salas, Quimioterapia, Serviço de Imagem Completo e Equipe Multidisciplinar. A expectativa é que 250 empregos diretos sejam gerados. De acordo com a direção da Fundação Antonio Dino, a estimativa é de 83 mil atendimentos anuais com previsão em atender mais de 40 municípios tanto da baixada quanto de proximidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.